quarta-feira, 17 de junho de 2009

Há momentos assim! ou Quanto gosto de me levantar pela madrugada e…fazer registos destes!!!


Eu bem devia ter seguido o conselho da minha amiga Ana (http://pequeteartjournal.blogspot.com/) e ter comprado o livro “Field Guide to the Dragonflies of Britain and Europe”…
E se assim o digo apenas o devo à imagem que ilustra esse post.


Embora não seja uma imagem de rara beleza, é um registo difícil de conseguir.
Depois da introdução…nada melhor que uma breve explicação.


Tinha colocado esta imagem num outro site, de fotografia de natureza, e invariavelmente era confrontado com a mesma pergunta: predador?
Bem lá que era predador era…contudo, alguém mais conhecedor do que eu poupou-me toda a “vergonha da ignorância”…colocando a seguinte informação:
“Subindo pela haste de alguma planta, a larva pára de se alimentar e mantém-se várias horas imóvel preparando-se para a mudança. A libélula rompe o seu último exoesqueleto pelo dorso, libertando primeiro a cabeça e o tórax e depois o abdómen (o processo leva de 30 a 40 minutos).
As suas asas, húmidas, precisarão de duas a três horas para se solidificarem em contacto com o ar, quando a libélula estará, então, aparelhada e pronta para descolar.”

Ps. quanto gosto de me levantar pela madrugada e…fazer registos destes!!!

1 comentário:

Pequete disse...

Bom, está visto que material não vai faltar, o difícil vai ser fazer a selecção...