quarta-feira, 13 de maio de 2009

ser


Ainda é belo, oh, se é, mas já um pouco “estragado”. É triste o fim.
A reflectir.
Difícil explicar. Mas estou. A chatice é essa.
Para o passado e futuro. Suspendo-me olhando.

1 comentário:

Pequete disse...

São lindíssimas estas clarabóias, uma pena o estado em que estão, e que nenhum arquitecto se lembre de as incluír nos novos edifícios tão monótonos e pobres que vão substituindo os mais antigos - e ainda assim, tão mais originais - que vão desaparecendo.