terça-feira, 26 de maio de 2009

Instantes e Intervalos


Mesmo na mais quieta imobilidade estamos em movimento.
Nesta imagem a presença de um corpo que habita o espaço, é, determinante.
Estreitando a linha que separaria fixação e movimento.

3 comentários:

anabrantes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Pequete disse...

Mmmm... mais outro resistente do rio vandalizado?

vaandando disse...

,,,, pássaro atento!
cordialmente
_______ JRMARTO