sexta-feira, 18 de julho de 2008

As actividades práticas do silêncio


Aprender é trazer para a ordem do saber formulável o que ele já é estando e sendo.
Estando sempre pronto a partir, desenhar é um partir pronto a partir de novo.

domingo, 6 de julho de 2008

[...]

Nos campos, uma fonte, uma nora, um baldão, uma cabana de pastor, de colmo ou pedra, um cruzeiro, uma capela de almas, servem para marcar no rosto fresco da paisagem esse qualquer coisa de humano que os nossos sentidos civilizados sobretudo apreciam.

imagens de pensamento ou o espaço ilimitado...

A paixão do movimento quando o bidimensional ganha vida no espaço.