segunda-feira, 13 de agosto de 2007

Um sonho perceptivo acordado.


O visível e as suas manifestações, por um lado, e o invisível e o pensamento, por outro.

3 comentários:

Manuela Viola disse...

Lindissima esta foto! Montesinho? Abraço.

JRL disse...

Bela fotografia Alexandre. Beijinho

De Amor e de Terra disse...

Quanta coisa nos dá o invisível, se soubermos interpretar!
Caminhos que se abrem, respostas a tanta pergunta...o pior é saber...
O curso não existe, porque só o tempo (e a teima/crença/fé) nos abre a mente e o espírito; e como o caminho só se faz caminhando...

Abraço

Maria Mamede